Como Anunciar no Google Adwords em 2019?

Aprenda o que é o Google Adwords e quais são as melhores práticas para ganhar muito gastando pouco.

Então você anuncia no Google Adwords há mais de dez anos e gasta uma fortuna com anúncios pagos, e ainda sim não tem o mesmo retorno que tinha há esses mesmos dez anos atrás, não é mesmo?

Mas mesmo sabendo disso tudo você continua investindo por que acha que mesmo ganhando apenas 30% dos 100% que você investe ainda sim é melhor do que nada.

Você já se perguntou do por que seu telefone não toca mais como antigamente?

E mais estranho ainda...como você tem tantos cliques no seu anúncio se seu telefone não toca?

Não faz nenhum sentido, certo?

Mas faz sim.

O que acontece é que muita coisa mudou no site de anúncios do Google Adwords.

Há dez anos bastava incluir uma lista enorme com palavras-chaves que o próprio Google sugeria que estava tudo certo.

O telefone tocava o dia todo e você gastava bem menos no custo por clique do que gasta nos dias de hoje.

Já nos dias de hoje quem quiser investir no link patrocinado por conta própria, sem contratar uma agência de marketing digital ou de Adwords pode ter mais prejuízo do que lucro.

É possível que qualquer empreendedor ou usuário simples de anúncios no Google aprenda a usar a ferramenta de forma correta.

Isso por que nos dias de hoje existem muitos cursos de adwords link patrocinado que ensinam você a aumentar seus cliques no Google Adwords e ao mesmo tempo reduzir o custo por clique de cada palavra-chave.

Mas qual o Segredo de Como Anunciar no Google?

Simples, porém estratégico.

A escolha correta de palavras-chaves que ninguém usa, e com grande número de buscas mensais.

Essas palavras não são sugeridas pelo Google Adwords na hora que você está criando sua campanhas.

Na hora que você está criando sua campanha somente aparecem palavras-chaves com alto volume de busca, mas também com alto custo por clique.

Entenda uma coisa, o Google Adwords não está preocupado se você está ganhando dinheiro ou não com suas campanhas.

O Google ganha bilhões todo mês a cada clique que você paga quando clicam no seu anúncio.

Com base nesse raciocínio, você acha mesmo que a sugestão de palavras-chaves que são dadas na hora que estamos criando nosso anúncio está sendo sugeridas para nos ajudar?

É claro que não.

Escolha palavras-chaves de calda média/longa.

Para agora mesmo de ficar escolhendo palavras-chave para seu anúncio só por que o Google fica sugerindo no momento em que você está criando suas campanhas. Pra falar a verdade nem escolha as sugestões do Google. O Google está precoupado em ganhar dinheiro com o seu custo por clique e não se seu telefone vai tocar ou não. Ele sempre vai sugerir keywords com alta concorrência e alto custo por clique. Ao invés disso procure palavras-chaves em outras ferramentas de SEO, como o Ahrefs, SEMRUSH ou até mesmo use as sugestões do Google Suggest, mas não use o planeador do adwords.

Determine horários para rodar seus anúncios.

Por padrão o Google ADS deixa seus anúncios rodando 24 horas por dia de forma automática, mas você não precisa e nem deve deixar suas campanhas rodando aos finais de semana ou fora do horário comercial. Estabeleça para que seus anúncios sejam exibidos somente dentro do horário comercial de segunda à sábado, assim você vai gastar bem menos do seu orçamento que é usado todo mês.

Trabalhe no conteúdo da sua página destino.

Não adianta você criar um belo anúncio bem chamativo se sua página destino for mal trabalhada. Entenda que a função do link patrocinado é apenas encaminhar o cliente até seu site, mas se seu site não for rápido, de fácil navegação e com bom conteúdo você não vai vender nada. Isso por que seu "possível cliente" vai voltar a busca do Google e clicar em outro anúncio. Crie uma página de fácil navegação e sem propagandas ou anúncios patrocinados no meio do conteúdo. e principalmente tenha um site responsivo e rápido. Seja simples no conteúdo, porém efetivo na venda.


Como Funciona Google Adwords

O Google Ads é um algoritmo que sempre vai sugerir palavras-chave com alto volume de busca, mas também com alto custo por clique.

O Google quer ganhar com o maior lance possível independente do tipo de anúncio que você criou.

Na hora que você estiver criando seu anúncio NUNCA espere que o Adwords sugira para você uma palavra-chave com baixo custo por clique e médio/alto volume de busca.

Isso nunca vai acontecer por que o Google Adwords quer ganhar, e não perder com cliques.

O grande segredo é escolher palavras-chave que não estão sendo sugeridas pelo Google Adwords.

Porém para conseguir essas palavras não adianta pegar o telefone do Google Adwords e pedir ajuda.

Mas não se preocupe por que vamos ensinar você algumas estratégias simples que vão fazer seu telefone tocar novamente e você vai gastar bem menos com seus anúncios no Google.

Como Usar Google Adwords

O modo como anunciar no Google mudou e muito nos últimos anos.

A coisa não está mais tão simples como era e para ajudar ainda mais o Google Adwrds não para de atualizar o painel de navegação da ferramenta, o que dificulta mais ainda as coisas.

Essa atualização no painel de navegação e em todo o sistema dificultou e dificulta muito as coisas.

O Google Adwords não nunca mexeu na atualização do sistema e de todo layout, mas dessa vez eles mudaram tudo de uma vez.

Essa mudança está complicando a vida de muita gente que não consegue encontrar quase nenhuma configuração de forma simples e fácil da forma como era no sistema anterior.

Mas pelo menos agora o Google Adwords tem suporte por telefone, o que facilita quando temos alguma dúvida ou não encontramos alguma configuração em nossos anúncios.

Segredo de Como Anunciar no Google

O grande segredo para anunciar de forma correta no Google Adwords e ter um retorno legal é usar palavras-chaves médio-longas e com média volume de busca.

Perceba que o Google Keyword Planner ou atual planeador de palavras-chaves nunca nos sugere uma palavra chave com mais de três termos.

Sempre somente um, ou no máximo três.

O grande segredo é pegar sua palavra-chave principal e colocar na busca do Google.

Vamos supor que você venda carros usados.

Vá na barra de pesquisa do Google e digite o termo.

Assim que você começa a digitar seu termo principal o próprio Google Suggest já mostra outras ideias relacionadas ao seu termo principal.

Essas ideias são termos mais buscados por usuários.

Perceba que acima aparece carros usados baratos.

Ao invés de usar a palavra-chave CARROS USADOS, use CARROS USADOS BARATOS.  

Ou se quiser focar ainda mais sua venda use a outra sugestão de CARROS USADOS BARATOS COM AR CONDICIONADO.

Veja a quantidade de buscas mensais e custo por clique dessas palavras-chaves:

Veja que quanto mais você foca sua busca com mais termos que completam sua palavra-chave mais barato fica o custo por clique.

E mesmo que o volume de busca seja 100 médias mensais serão 100 cliques que você vai ter todo mês de um possível cliente em potencial por que ele achou o seu site em primeiro lugar nos anúncios quando digitou CARROS USADOS BARATOS COM AR CONDICIONADO.

E tem outra coisa muito importante também.

Veja que o próprio Google Adwords nem tem a estimativa de custo por clique para o termo CARROS USADOS BARATOS COM AR CONDICIONADO.

Isso quer dizer que você vai pagar centavos por clique em cima dessa palavra e ainda sim focar no real interesse do seu cliente.

Já imaginou você vender 100 caros todo mês só por que está usando esse termo em questão?

Pare se usar palavras-chaves curtas

O usuário de hoje em dia não vai ao Google e pesquisa uma única palavra-chave.

Ele especifica bem o que deseja, e se sua palavra-chave for exatamente o que ele está querendo com certeza você vai ganhar esse clique pagando centavos.

Antes de ficar incluindo palavras-chaves aleatórias só por que o Google Keyword Planner está sugerindo pense se realmente vale a pena investir nessa palavra ou focar no que o usuário precisa.

Quando você foca e deixa a sua palavra-chave mais ampla você seleciona o usuário exato que está procurando exatamente o que produto que você tem.

Quando esse usuário encontra o produto nas especificações exatas que ele quer pode ter certeza que mais 50% da sua venda já foi feita.

Palavras longas eliminam a concorrência.

Todos os usuários dos links patrocinados do Google que anunciam tem plena ciência que existem empresa que são pagas para clicar no seu anúncio e fazer você perder dinheiro.

Por isso que você vê 300 cliques no anúncio e cinco ligações no seu telefone.

Mas você sabe como essas empresas encontram a sua empresa e derrubam seu orçamento diário na busca patrocinada?

A resposta você sabe com certeza.

Essas empresas acham seu anúncio no Google por que você está usando palavras-chaves genéricas como CARROS, ou CARROS USADOS.

Uma dica muito importante.

Sempre use pelo menos três termos na sua palavra-chave.

Além disso, use sempre a correspondência exata para esses termos, assim seu anúncio só vai aparecer quando a pessoa digitar o termo exato que você escolheu.

Tenha em mente que quanto mais termos você usar na sua palavra-chave mais você foca seu clique no que o usuário está realmente procurando, e também você elimina essas empresas que são pagas para ficarem clicando no seu anúncio até ele esgotar o orçamento diário na conta do Google ADS.

Anunciar no Google ou Fazer SEO?

O que será que vale mais a pena? Continuar gastando uma fortuna com anúncios no Google ou investir em SEO?

O grande medo de muita gente que tem vontade de investir em SEO é o tempo de retorno do investimento e o custo disso também.

O cliente hoje em dia não quer esperar seis meses para ter resultados orgânicos.

Ele quer resultados rápidos no período mais curto de tempo possível.

O que a maioria dessas pessoas não sabem é que é sim possível investir em SEO e ter retorno em até trinta dias.

Podendo até chegar na primeira página do Google em até uma semana!

Isso mesmo que você leu!

Eu disse trinta dias para começar a ter retorno no trabalho de SEO e otimização de sites.

Marketing de Conteúdo Alinhado Com Google Adwords

A forma mais eficaz de ter um retorno rápido em SEO e nunca mais gastar com anúncios do Google é criar um marketing de conteúdo ou inbound marketing focado nas principais palavras-chaves do negócio do cliente.

Quer um exemplo?

Vamos usar a mesma ideia do uso de palavras-chaves com mais de três termos e com baixa concorrência.

No nosso exemplo vamos usar o termo CARROS USADOS BARATOS. Esse será nosso termo principal para aparecer na busca orgânica.

E a grande vantagem de usar o marketing de conteúdo dentro do SEO é que podemos otimizar esse conteúdo para muitas outras palavras-chaves.

Por exemplo, podemos usar quantos termos quisermos, mas nesse caso vamos usar cinco palavras-chaves em um único conteúdo.

Podemos usar todos os termos acima em nosso conteúdo criando subtópicos relacionados a essas palavras-chaves.

Podemos utilizar quantos termos relacionados quisermos e quanto mais termos usar maiores serão as possibilidades desse conteúdo aparecer na busca orgânica.

Essa é a grande vantagem de investir em SEO.

E a melhor parte é que você não paga por clique e sua página pode permanecer na primeira página da busca orgânica do Google por muitos meses e até anos, mesmo que você suspenda ou cancele o seu serviço de SEO.

Tudo vai depender do investimento que você fizer na sua agência de SEO ou de marketing digital.

Se ainda sim estiver em dúvida se anunciar no Google vale a pena ou não veja essa matéria da revista Exame.

Sempre escolha palavras-chaves com médio volume de busca e baixo custo por clique, sempre focando no seu objetivo e evite ao máximo usar keywords genéricas só por que o Google sugere.
Atrelado a sua campanhas de anúncios no Google sempre trabalhe alinhado com SEO e marketing de conteúdo, dessa forma você reduz seu custo do Adwords gradativamente.
Use sempre keywords focadas no seu objetivo, se possível com mais de 3 termos por palavra-chave. E sempre coloque esses termos como correspondência exata para gastar menos.

Que tal alavancar seu negócio agora?

Então você quer fazer seu negócio crescer, mas não faz ideia por onde começar né?

Não se preocupe por que estamos aqui para ajudar!

Tem dúvidas sobre como funciona o marketing digital? Quer investir mas não entende muito do assunto?

Solicite o contato de um consultor agora!